1950

Aos dezesseis anos, Wesley começa seus estudos de arte, ingressando nas aulas de desenho livre no Museu de Arte São Paulo. Dois anos depois, após expor no 11° Salão de Arte Moderna de São Paulo, ele viaja para os Estados Unidos onde inicia o curso de Artes Gráficas na Parsons School of Design. Durante sua estadia no país entra em contato com artistas como Marcel Duchamp, Jasper Johns e Robert Rauschenberg.

Em 1955 o artista retorna ao Brasil, participa no primeiro Salão de propaganda em São Paulo, onde recebe duas menções honrosas, e começa a trabalhar como desenhista de publicidade freelancer e diretor de arte em uma agência em São Paulo. Ainda em São Paulo, em 57, Wesley deixa a agência e se torna discípulo de Karl Plattner, começando a pintar no ateliê do artista. Um ano depois, em 58, Wesley executa em conjunto com Plattner o mural para a Air France também em São Paulo. No mesmo ano, Wesley retorna a Paris onde estuda no ateliê do gravador Johnny Friedlaender. Em 59, Wesley viaja para Bolzano, na Itália, para trabalhar com Plattner nos murais Salzburg Neu Festspielhaus, da Áustria.