Umi – Fetiche Supra Sumo

“Costumeiramente em minha produção, faço uso da própria bagagem referencial que a matéria-prima traz amalgamada em si como ponto de partida: Estudo o local de origem, o local de compra e venda e fatos socioeconômicos e culturais que permeiam o material que escolho para trabalhar, direcionando minha pesquisa e relacionando com o lugar onde será exposto.

Gosto principalmente de dar uma especial atenção à natureza e sua relação com a cultura urbana.

Para o trabalho desenvolvido no IWDL, optei por pesquisar aspectos referentes aos “bastidores” da vida de Wesley Duke Lee, como fetiches, materiais usados na época (o epóx, por exemplo) e sua fascinação pelo Japão. Uma vez que a obra de Wesley sempre correu para um lado experimental e inovador nos anos 70, o estudo desenvolvido para o Instituto possibilitou-me ver diversas técnicas diferentes, abrindo novas possibilidades para meus trabalhos futuros.”

– Yuli Yamagata

Umi – Fetiche Supra Sumo
2016
objeto: madeira de cerejeira, epox, tecido, areia, folha de cobre, vidro e peixe seco; tela: tinta automotiva, folha de cobre, acrílica e pastel oleoso s/ tela
objeto 85 x 18 x 19 cm
tela 140 x 140 cm