O INSTITUTO

A exemplo de sua obra, que trazia o universo onírico e surreal de sua mente inquieta e flamejante à tona, o Wesley Duke Lee Art Institute materializa um sonho do artista: criar um espaço para fomentar cultura em São Paulo, dar oportunidade a novos talentos e abrir caminhos nas artes.

Em 2013, a sobrinha de Wesley, Patrícia Lee, inicia o projeto em conjunto com Ricardo Camargo, preparando um espaço com todos os pertences do artista. As poucas pessoas que já conheceram se encantaram com a nossa casa-museu, que reveste suas paredes de lembranças e inspiração para os visitantes. Paredes que contam histórias, e revelam a personalidade de Wesley, que dizia: “Minha casa sou eu virado para fora”. Em meio ao que parece uma bagunça de objetos, um sistema de memória usado pelo artista, na verdade, uma organização de relíquias que remontam a vida e as referencias de Wesley.

Institucionalmente, a estrutura de toda a nossa ação tem como cerne três objetivos claros: Preservar a obra, pessoa e toda a informação referente ao artista, atentando para que tudo seja verificado e organizado. Circular conteúdo cultural e informativo. Provocar o pensamento artístico e criativo, reinventar a didática à maneira do Wesley e estimular o autoconhecimento.

Ao longo deste ano, ainda que de portas fechadas, o Instituto foi capaz de receber pesquisadores, dar auxílio a exposições nacionais e internacionais, realizar um pequeno documentário e participar da SP-Arte, com uma réplica da casa-museu para anunciar seu pré-lançamento.

instituto-thumb

Galeria de Fotos